Produtores terão contato direto com bares e restaurantes

Por: paracooperativo.coop.br

 

 

As cooperativas do ramo agropecuário possuem a oferta de produtos orgânicos, agroecológicos e de alta qualidade. Já o segmento de alimentação fora do lar possui a procura por essas mercadorias, mas não possui acesso direto à base produtiva. Para efetivar esse encontro de oferta e procura, o Sistema OCB/PA, SEDEME e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Pará (Abrasel/PA) estão articulando ações conjuntas. A primeira etapa deste projeto será o levantamento das demandas dos estabelecimentos direcionados pela diretoria da Abrasel/PA.

 

Os bares e restaurantes serão visitados por técnicos da Nós Soluções Sustentáveis e Instituto Amazônia Cooperar que identificarão os dados para orientar as cooperativas. A partir disso, será elaborado um plano de ações mais direcionadas. “Estamos nos unindo para promover o encontro da produção de cooperativas da agricultura familiar às necessidades dos estabelecimentos paraenses, buscando levar dignidade às famílias no campo, qualidade às empresas do ramo alimentar e sabor e saúde ao consumidor final, proporcionando preço mais justo a todos os elos dessa cadeia de valor”, afirmou a presidente da Abrasel/PA, Rosane Almeida.

 

As discussões se iniciaram através das atividades do APL Alimentação Fora do Lar, articulado pela SEDEME. O Sistema OCB/PA pôde se aproximar da Abrasel/PA e, posteriormente, as entidades assinaram termo de cooperação técnica. De acordo com o previsto no termo, o Sistema OCB/PA fará o levantamento da produção das cooperativas, mercadorias e a quantidade ofertada. A Abrasel responderá sobre a disponibilidade de compra, periodicidade e locais para entrega.

 

A Abrasel possui forte demanda de produção de materiais oriundos da produção rural. No entanto, a comercialização é feita frequentemente com atravessadores e terceiros. “Vimos a oportunidade de mercado para tentar estreitar o contato desse público com o produtor direto, na ponta. No ano passado, fomos convidados para participar de uma reunião da Sedeme onde foi discutido o APL de alimentação fora do lar no qual a Abrasel está inserida. Na ocasião, fizemos uma aproximação com a entidade, chegando a participar da primeira Feira Brasil Ilhas e Sabores. O resultado foi positivo, abriu as fronteiras de mercado direto para os expositores e, hoje, podemos celebrar esse termo de parceria”, explicou Ernandes Raiol.

COMPARTILHAR