Plano de negócios ajudará Codec a atrair indústrias para o Polo

730x250

Representantes da Companhia de Desenvolvimento Econômico (Codec), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Federação das Indústrias do Pará (Fiepa) estiveram presentes recentemente para uma importante reunião na sede do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Senai (Cetiqt), no bairro do Riachuelo, Rio de Janeiro, para tratar da criação do Pólo Têxtil Paraense.

Criado em 1949, o Senai Cetiqt oferece à indústria e ao mercado um leque de serviços transversais que o consagram como um dos maiores centros latino-americanos de produção de conhecimento aplicado à cadeia produtiva dos setores da Educação, Tecnologia e Inovação. Por esse motivo o Cetiqt foi chamado para participar do processo de criação do Pólo Textil Paraense.

Na reunião anterior, ocorrida no dia 21 de Fevereiro na sede da Jari Celulose, em SP, ficou acordada a reunião da última sexta, 10, na sede da Cetiqt, para dar o próximo passo no processo de criação do Pólo. Recebida pela coordenação de serviços de consultoria da instituição, à comitiva paraense foi apresentada uma proposta sobre a qual será elaborado um plano de negócios para atrair investidores para a cadeia do Pólo Têxtil.

A equipe saiu da reunião muito satisfeita e com o compromisso de receber o plano de negócios concluído nos próximos dias, com o planejamento das ações que vão viabilizar esse plano de negócios. O Centro de Tecnologia fará um estudo do potencial do mercado para que a Companhia possa utilizar esse material na atração de empresas do elo da celulose, da fiação e da tecelagem.

Participaram da reunião Lucélia Guedes, diretora de Atração de Investimentos e Negócios da Codec; Felipe Lopes, assessor jurídico da Sedeme; João Alberto Marins, diretor jurídico e fiscal corporativo do Grupo Jari; Rita Arêas, diretora da Fiepa; Lilian Costa, coordenadora da Área de Vestuário e Moda do Senai; Adriano Passos, coordenador de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil (Cetiqt), e Paulo Coutinho, gerente do Instituto Senai de Inovação em Biossintéticos do Cetiqt.

Texto: Helena Saria Fotos: Ascom / Codec

COMPARTILHAR