Os modelos de posts que mais engajam e geram vendas

Por: kommu.com.br

Escolher um filtro, usar hashtags e compartilhar seu post com o mundo parece simples, né?  Existem caminhos inteligentes para produzir conteúdo nas redes sociais, que gerem vendas e engajamento. Sem dúvidas, entender as métricas dos relatórios da rede social escolhida, é a melhor forma, pra então, usá-las a seu favor.

Algumas práticas que podem te ajudar a aumentar engajamento, para que assim, as pessoas se envolvam com os posts e claro, recomendem seu perfil a outras pessoas.

Para transformar conteúdo em estratégias que agradem o seu público, você pode aplicar o relatório (disponibilizado para as contas comerciais e empresas), que contém um conjunto de informações que demonstram a forma que os seus seguidores e usuários interagem com o seu perfil.

Vamos utilizar como exemplo o Instagram, que é hoje a rede social que mais cresce no mundo, com 1 bilhão de usuários ativos. O Brasil é o segundo país com mais usuários, ficando atrás apenas para os EUA.

Dos perfis comerciais, são quase 20 milhões e 2,5 milhões de anunciantes em todo o mundo. Os dados do próprio Instagram apontam que 85% dos usuários seguem um perfil comercial.

Ele pode ser facilmente acessado: basta ir à página do perfil, clicar no símbolo de configurações (as 3 linhas horizontais) que fica no canto superior à direita e, depois, clicar em “Informações”. A tela que aparece permite que você veja os seguintes dados:

Atividade: como seus seguidores e usuários do Instagram interagem com seu perfil.

Conteúdo: como seus seguidores e usuários do Instagram interagem com seu conteúdo, o que inclui posts no feed, Stories, Lives e qualquer conteúdo que você patrocina.

Público: quem são seus seguidores (informações do local onde vivem, idade e gênero) e quais são os horários em que estão ativos.

Resultados no Instagram vão variar de acordo com o objetivo da marca ao ter um perfil nessa rede social.

+ As melhores práticas para o Instagram

Alguns exemplos de objetivos comuns são:

  • aumento de autoridade sobre um assunto, mais comum entre marcas pessoais;
  • aumentar o conhecimento sobre a marca;
  • gerar tráfego para um blog ou site;
  • gerar leads;
  • gerar vendas pelo Instagram.

Assim, cada um desses objetivos terão diferentes resultados esperados, que vão se relacionar com determinadas métricas:

  • aumento de autoridade: número de seguidores, número de interações (taxa de engajamento) e perguntas realizadas;
  • aumentar o conhecimento sobre a marca: número de seguidores, número de menções do perfil;
  • gerar tráfego para um blog ou site: cliques nos links, taxa de engajamento nas publicações referentes a novo conteúdo postado;
  • gerar leads: número de seguidores, número de formulários preenchidos vindos do Instagram;
  • gerar vendas pelo Instagram: cliques nas tags do Instagram Shopping, número de acesso a links nos Stories, número de acessos nas páginas de compra via Instagram.

Em suma, os resultados mudam porque os diferentes tipos de negócio possuem objetivos distintos.

Conhecendo esse guia de métricas e seus usos, tenha sempre em mente quais são os resultados que você espera. Desse modo, fica mais fácil alcançá-los e entender quais são as métricas-chave para acompanhar.

Os posts que fazem sucesso

Check-ins: adicionar uma localização é sempre um acontecimento em postagens sociais, e o Instagram também oferece esse recurso.

Ao fazer um post determinando o local, os seguidores sentem que você é uma pessoa dinâmica, que se movimenta e aproveita bem o tempo.

Por isso, esse tipo de post costuma ser bem recebido e gera um bom engajamento.

Visão de bastidores: que tal postar aquela foto do produto sendo finalizado ou dando uma noção de como o seu trabalho é feito?

Isso gera engajamento porque as pessoas amam ter acesso exclusivo, e uma visão de bastidores normalmente não é dada a qualquer um.

Essa sensação de pertencimento é um motivador poderoso, então vale a pena oferecer um pequeno vislumbre do que você faz.

Vídeos:são tão bons para o engajamento que estão sendo cada vez mais usados em diversas estratégias de marketing, seja no Facebook, blogs, lives, webnars etc.

Como deixar de fora esse recurso, que dá até a opção de fazer transmissões ao vivo? Use a criatividade, o céu é o limite para o que você fazer com os vídeos no Instagram.

Posts gráficos:quem não acha legal aqueles posts com trabalho gráfico legal, fontes e cores bem escolhidas, uma frase atraente e uma mensagem positiva?

Esse tipo de post mostra tanto preocupação com o conteúdo quanto bom gosto, e é esse tipo de perfil que as pessoas querem seguir.

Fotos inspiradoras:também têm a capacidade de gerar engajamento, porque as pessoas se sentem motivadas a agir em busca de seus objetivos ou superar suas limitações.

Seja bela paisagem natural ou a foto de um momento marcante na história, vale a pena buscar esse tipo de material, e claro, reforçá-lo com uma mensagem positiva e motivadora.

Narrativas:poucas coisas prendem tanto a atenção quanto uma história bem contada. Por isso, você não precisa deixar que apenas as imagens falem, pode usar também o espaço dos textos para contar histórias curtas.

Por usar todos os recursos disponíveis, poderá aumentar o significado da publicação e atrair comentários de pessoas interessadas.

Posts nostálgicos:já reparou como a nostalgia tem um efeito poderoso sobre nós? Estamos sempre nos lembrando de momentos do passado com carinho e saudades.

Então, que tal aproveitar esse sentimento e postar sobre assuntos que despertem nostalgia nos seus seguidores?

Você provavelmente vai receber uma “chuva” de comentários e poderá estabelecer uma relação mais próxima com o público.

Assuntos do momento:usar assuntos do momento para emplacar uma postagem e divulgar uma marca não é uma prática nova nas rede sociais, e por isso mesmo vale a pena usar no Instagram também!

Se um assunto está “bombando”, publique algo sobre ele e use uma hashtag para ajudar a impulsionar o post.

Só não esqueça de ver se o assunto é polêmico ou potencialmente perigoso antes de postar algo bem humorado, por exemplo, pois isso poderia causar dor de cabeça desnecessária.

Fontes: Rock Content e Hotmart