Onda monstruosa quebra as costas de surfista, que promete voltar a competir em 2 meses

730x250

Andrew Cotton, de 38 anos, surfava em Nazaré, em Portugal, praia conhecida por suas ondas gigantes, quando foi filmado sendo esmagado pelas águas de uma onda de 18 metros.

Ele foi rapidamente resgatado e levado ao hospital com uma fratura nas costas, mas espera se recuperar com sucesso. Cotton estava usando um colete especial por baixo da roupa de banho para se proteger de um possível impacto.

Ele chegou a fraturar a espinha lombar, sem consequências mais graves, e deve deixar o hospital em breve.

“(Isso) Não vai me abater. Eu vivo para pegar ondas gigantes”, disse Cotton à BBC. Ele diz que pretende voltar ao surfe em dois meses.

“Foi um erro de cálculo durante uma fração de segundo. Como quando um piloto de fórmula-1 faz uma curva rápido demais.”

O surfista já havia sobrevivido a uma queda em uma onda gigantesca causada por uma tempestade no litoral português.

Cotton, que começou a surfar aos 9 anos de idade, foi resgatado por salva-vidas e paramédicos.

Segundo o Livro Guinness de Recordes, o recorde de maior onda já surfada pertence ao americano Garrett McNamara, que desceu, em 2011, uma onda de 23,7 metros na mesma praia de Nazaré.

BBC Brasil – Primeira página

COMPARTILHAR