Mais seis juízes são empossados

19/05/2017 15:34

Magistrados atuarão no interior do Estado

Des. Ricardo Ferreira Nunes, com autoridades da mesa oficial da solenidade e os novos juízes.

O juiz recém-empossado, Esdras Murta Bispo, falou em nome dos empossados.

Des. Rômulo Nunes, em discurso de boas-vindas aos juízes empossados.

Des. Ricardo Ferreira Nunes, Presidente do TJPA, entrega portaria de nomeação aos novos juízes.

Novos juízes prestam juramento durante solenidade de posse no plenário Oswaldo Pojucan Tavares, do TJPA.

Juiz Sílvio César dos Santos, presidente da Associação dos Magistrados, com diretores da associação e os novos magistrados

Desembargadores do TJPA com os juízes empossados.

Familiares e amigos dos novos juízes.

Des. Ricardo Ferreira Nunes, presidente do TJPA, com os novos magistrados.

Mais seis novos juízes substitutos tomaram posse em solenidade realizada, na manhã desta sexta-feira, 19, no Plenário Des. Oswaldo Pojucan Tavares, no prédio-sede. É a segunda posse de juiz de 2017. A primeira ocorreu em janeiro, quando três magistrados assumiram seus cargos. Em 2016, o TJPA empossou 48 juízes substitutos.

Esdras Murta Bispo, Silvia Clemente Silva, Odinando Garcia Cunha, André Souza dos Anjos, Marcio Daniel Coelho Caruncho e Tatiana Martins da Costa fizeram o juramento diante de autoridades e familiares. Em seguida, eles assinaram o termo de posse.

Encarregado de fazer a saudação aos novos juízes, o desembargador Rômulo Nunes enfatizou os esforços que o TJPA fez para chamá-los diante do quadro econômico do país, que impôs grande dificuldade financeira.

O desembargador pediu humildade aos juízes e para trabalharem com ética, honestidade, presidência e eficiência. “Não pensem que por serem magistrados tudo sabem, tudo podem”. O magistrado advertiu ainda para que não se deixem abater pelo volume de processos e que combatam a lentidão processual.

O juiz recém-empossado, Esdras Murta Bispo, falou em nome dos empossados. Ele falou sobre a experiência transformadora que foi estudar e ser aprovado em um concurso público. “O concurso público lhe proporciona uma inigualável experimentação de si mesmo”, afirmou. “Passamos pelo fogo. Sobrevivemos ao sopro do dragão. Estamos aqui”, comemorou.

Antes de encerrar a sessão, o presidente do TJPA, desembargador Ricardo Nunes, deu as boas-vindas aos novos magistrados e pediu para que os mesmos tenham em mente no seu dia-a-dia, ética, celeridade, honestidade e amor. Os juízes participarão de um curso de formação antes de serem lotados em diferentes Comarcas do interior do Estado.

A cerimônia contou com a participação dos servidores Antônio Wilson e Walter Duarte, que se apresentaram com acompanhamento do teclado da servidora Adriana Paiva.  

A mesa oficial foi composta pelo presidente do TJPA, desembargador Ricardo Nunes; pelo vice-presidente do TJPA, desembargador Leonardo Tavares; Vice-Almirante Alípio Jorge Rodrigues, comandante do 4º Distrito Naval; a conselheira Maria Lourdes Lima, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE); o general de Brigada Selmo Umberto Pereira, representando o general de Exército Carlos Alberto Neiva Barcellos, comandante Militar do Norte; e o juiz Silvio César dos Santos, presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Pará (AMEPA). 

Fonte: Coordenadoria de Imprensa
Texto: Vanessa Vieira
Foto: null / Ricardo Lima/TJPA /

Tribunal de Justiça do Estado do Pará

COMPARTILHAR