Livro celebra carreira do premiado fotojornalista Sérgio Jorge

Com mais de 60 anos de profissão, o fotógrafo Sérgio Jorge esteve presente em inúmeros acontecimentos importantes da história do Brasil nos tempos áureos do fotojornalismo. Ele registrou a inauguração de Brasília, as primeiras corridas automobilísticas em Interlagos, o incêndio do Edifício Joelma e esteve na demarcação brasileira no Polo Sul, entre vários outros acontecimentos.

Autodidata, Sérgio trabalhou nos jornais O Dia e Gazeta Esportiva no início de sua carreira e por 11 anos na revista Manchete. Em 1960 venceu o primeiro Prêmio Esso de Jornalismo, com uma foto que retrata a luta de um garoto para salvar seu cão do homem da carrocinha. Na década de 1970, ajudou a criar o Estúdio Abril de Fotografia, responsável pela formação de diversos profissionais.

Para homenagear o fotógrafo e eternizar o seu legado, a Mogiana Produções está lançando o livro “Sérgio Jorge – 60 anos de Fotojornalismo”. A publicação reúne cerca de 150 fotografias em preto e branco em 200 páginas, com projeto gráfico do designer Nosbielg Pires, textos da jornalista Regina Helena Paiva Ramos e Rubens Fernandes Junior e coordenação executiva de Reginaldo Leme.

Os recursos para a impressão estão sendo captados através de uma campanha de financiamento coletivo. Quem tiver interesse em colaborar pode adquirir um exemplar do livro a partir de R$ 110 no site Catarse.Os primeiros 200 exemplares serão autografados e enviados com frete gratuito. Veja abaixo algumas das imagens realizadas pelo fotógrafo ao longo de sua extensa carreira:

Resumo Fotográfico

COMPARTILHAR