Fios biodegradáveis e outras inovações sustentáveis foram destaque do Inspiramais

1-5 Fios biodegradáveis e outras inovações sustentáveis foram destaque do Inspiramais 1 5Fios biodegradáveis para o desenvolvimento do vestuário; bolsas e sapatos que após três anos de descarte se decompõem; etiquetas digitais com tecnologia de realidade aumentada; planta de confecção 4.0 onde a roupa fica pronta em 30 minutos; estamparia autoral com inspiração e desenvolvimento 100% brasileiro.

Foi neste cenário que o Inspiramais encerrou mais uma edição (realizada nos dias 16 e 17 de janeiro) marcada pela apresentação de projetos que prezam pela pesquisa e busca da inovação sustentável, tecnológica, empresarial e de design com identidade brasileira. Um encontro de profissionais que trabalham com a indústria da moda e pretendem fortalecer sua competitividade no mercado interno e externo neste, que é o mais importante salão de materiais da América Latina.

Um dos destaques do Salão foi o Espaço Sustentabilidade, que apresentou propostas como o fio da Rhodia, o Amni Soul Eco, o primeiro fio de poliamida biodegradável do mundo. Os visitantes puderam conferir também o fio Stahl Evo (Piñatex®), desenvolvido com a fibra do abacaxi pela Stahl. A Cofrag trouxe tecidos biodegradáveis, destinados ao mercado de confecção e calçados e a ITM expôs seu Ecofio com aparas de algodão. Este último contou com a participação de cooperativas que as transformam em novos fios e as preparam para o retorno à fábrica, gerando assim um ciclo de moda circular e positivo, com certificação OEKO-TEX® e certificação de energia renovável.

De acordo com Flávia Vanelli, designer do núcleo de pesquisa da Assintecal e curadora da mostra do Espaço Sustentabilidade, o principal desafio da indústria atual foi transformar os excedentes industriais em insumos criando modelos mais alinhados com a economia circular, entre outras tantas inovações. “Esse foi um espaço de empresas protagonistas que entenderam, principalmente, que a sustentabilidade é o próximo nível na busca de competitividade e qualidade no mercado. É um processo natural de quem está tentando elevar o seu produto com mais valor agregado. O Espaço foi formado por dois selos: o Origem Sustentável e o CSCB, certificação de sustentabilidade do couro brasileiro”, explicou. O Espaço Sustentabilidade promoveu também palestras gratuítas, onde a pauta foi soluções inovadoras em iniciativas e materiais sustentáveis no mercado de moda brasileiro. Promovidos pela ABVTEX – Associação Brasileira do Varejo Têxtil, os encontros reuniram Rozalia Del Gaudio, Gerente Sênior de Comunicação e Sustentabilidade da C&A; Daniel PhilipiKnop, responsável pela comunicação da FHH – Fundação Hermann Hering (Cia.Hering); Eduardo MöllerFerlauto, Gerente de Ecoeficiência da Lojas Renner e porta-vozes da ABVTEX, Abit, OIT, Instituto C&A e Instituto Reos.2-1 Fios biodegradáveis e outras inovações sustentáveis foram destaque do Inspiramais 2 1

A próxima edição do INSPIRAMAIS 2019_II acontece dias 17 e 18 de julho,  no Centro de Eventos Pró-Magno (Rua Samaritá, 230 – Casa Verde, em São Paulo). 

O salão foi promovido pela Assintecal, ByBrasil – Components and Chemicals, ABIT, TexBrasil, CICB,  BrazilianLeather e Apex-Brasil; com patrocínio da Cipatex, Brisa, Intexco, Altero, Branyl, Caimi&Liaison, Havir, Bertex, York, Colorgraf, Cofrag, Britânnia Têxtil, WOLSFTORE, SappiDinaco, ENDUTEX, Grupo Lunelli e Tecnoblu, Vicunha Têxtil, Epson & Global Química e apoio da ABEST, ABICAV, Abicalçados, IBGM, IBB, In-Mod, ABV-Tex, Ápice e Abimóvel.

variedades – Revista Amazônia – Muitas Amazônias uma só revista

COMPARTILHAR