Cooperativas paraenses participam de Seminário do Transporte em SP

Por: paracooperativo.coop.br

 

 

O foco na necessidade do cliente é um dos ingredientes da receita de sucesso das grandes empresas de serviços. É por isso que o Sistema OCB acaba de promover a quinta edição do Seminário Nacional do Transporte Cooperativo. O evento ocorreu na Casa do Cooperativismo Paulista, em São Paulo, e debateu o tema Disrupção e Transporte: desafios para a gestão das cooperativas. Representaram o Pará as singulares TRANSPRODUTOR, COOPTRANSALTO, COOPERDOCA e COOTAIT.

 

A intenção foi debater o futuro do setor diante das inovações digitais, os diferenciais competitivos das cooperativas, as perspectivas dos clientes, a gestão empreendedora e as estratégias de atuação para o segmento. O evento contou com a participação de 180 pessoas, dentre dirigentes de cooperativas, presidentes de unidades estaduais e técnicos do setor. Ao todo, 25 estados foram representados. “Teve como pauta principal as mudanças que aconteceram no cenário econômico do Brasil, principalmente, no transporte de cargas após a paralisação nacional. Nos despertou para novas avaliações conforme a dinâmica do Seminário, trazendo inovações, tecnologias e transformações mundiais. Faz com que os dirigentes possam ser gestores que acompanhem o passo da economia e da demanda de mercado direcionada para os clientes”, afirmou o analista de desenvolvimento de cooperativas do Sistema OCB/PA, Jamerson Carvalho.

 

A gerente técnica e econômica da OCB, Clara Maffia, conta que a quinta edição do seminário – que ocorre todos os anos em diferentes regiões do país, para contemplar todos os segmentos de transporte e suas cooperativas – tem foco na inovação e no cliente por ser um diferencial neste momento de mudanças e transformação, com atores cada vez mais novos no mercado. “Estamos focando em como as cooperativas precisam estar preparadas do ponto de vista de gestão e governança para se manter sustentáveis”, explica.

 

O evento focou no negócio e inovação. “Para mim, foi um divisor de águas. Fiquei encantado com tudo que vi e volto com gás total para fazer com que o cooperativismo de transporte cresça no Pará. Ainda somos pequenos em comparação com o resto do Brasil e, para mudar esse quadro, entendo que a única alternativa é buscar a intercooperação, fortalecendo as cooperativas comprometidas em crescer e unindo-as para alcançar o mercado da melhor forma”, explicou o presidente da TRANSPRODUTOR e membro do conselho de ética, Newton Leão.

 

 Informações: Sistema OCB

 

COMPARTILHAR