Cooper chega à Xinguara

Por: paracooperativo.coop.br

 

Há 21 anos, pequenos produtores de Parauapebas que atuavam isoladamente decidiram se unir. Fruto por fruto, os associados à Cooperativa dos Produtores Rurais da Região de Carajás (COOPER) provaram que vários pequenos podem ser grandes.  A cooperativa já inaugurou o terceiro Centro de Distribuição da Tentação Amazônica, marca de polpas de frutas com qualidade e preço diferenciados no mercado. Para celebrar a abertura em Xinguara, a cooperativa abriu as portas em cerimônia que recebeu a população do município no último domingo (02).

 

 

Participaram da cerimônia de inauguração o superintendente do Sistema OCB/PA, Júnior Serra, o secretário de desenvolvimento econômico e rural de Xinguara, Fabio Queiroz, o vice-prefeito de Canaã dos Carajás, Alexandre Pereira, o presidente da COOPERLIMPA, Antônio da Silva, além de cooperados, antigos presidentes da COOPER e vereadores do município. Na ocasião, o galpão de recebimento da produção foi aberto para distribuição de amostras de sucos, açaí e aperitivos.   

 

 

 

“São produtos competitivos e que, em especial, dialogam com a questão ambiental. As polpas são produzidas a partir do princípio de preocupação com a natureza e fomentam a geração de empregos locais. Será um processo de fortalecimento regional a partir também da inclusão dos produtores. Estamos muito felizes em ver a evolução da agricultura familiar no Estado e nos colocamos à disposição para auxiliar nesse desenvolvimento”, afirmou o superintendente do Sistema OCB/PA, Júnior Serra.

 

 

A cooperativa processa 12 tipos de frutas que, agora, também estarão disponíveis para a população de Xinguara: Açaí, abacaxi, acerola, cajá, caju, cupuaçu, goiaba, graviola, manga, maracujá, murici e tamarindo. O Centro de distribuição funcionará com vendas no atacado e varejo com preços acessíveis. A partir de 10kg, a cooperativa fará entrega na cidade.

 

 

 

 

A Cooper fez uma promoção especial na abertura do ponto, vendendo todas as polpas a partir de R$ 7. “Mesmo sem promoção, já trabalhamos com o melhor preço de mercado, sem falar na qualidade. É uma marca já conhecida nos outros municípios com selo de garantia, SIF e todas as fiscalizações exigidas pelos órgãos reguladores. Nossa expectativa em Xinguara é fazer bons negócios, seguindo o ritmo de crescimento obtido em outras cidades. Também iremos entrar em contato com os produtores para alavancar a agricultura familiar e fomentar o crescimento da região”, enfatizou o presidente da COOPER, Mauro Melo.

 

 

Com objetivo de fortalecer a produção dos pequenos agricultores, a Cooper foi criada em 1997. A cooperativa busca dar uma destinação do que é produzido no campo com a reunião de 130 sócios. Atualmente, utiliza a produção de hortifrúti de mais de 300 pequenos produtores rurais dos municípios de Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás, Xinguara e Marabá. Cerca de 30 pessoas são empregadas na fábrica e na distribuidora das polpas de frutas e bombons regionais.  A  Cooper conta com 70 revendas dos produtos em Parauapebas, Canaã dos Carajás, e,  agora, em Xinguara.

 

 

 

Em média, 70 toneladas de polpas de frutas são processadas na fábrica. São várias etapas, desde a retirada da polpa até a embalagem do produto. No local, há seis câmaras frias para acondicionar o produto in natura, até que possa ser embalado e vendido. Também, na fábrica, é feito o doce da polpa de fruta para ser usado como recheio nos bombons dos chocolates caseiros. Segundo a Cooper, os produtos são os únicos do sul do Pará que têm autorização do Ministério da Agricultura para serem comercializados.

 

Serviço: O Centro de Distribuição está localizado na Av. Brasil esquina com Pontes de Miranda

 

COMPARTILHAR