Como usar corretamente os emojis no Marketing Digital?

730x250

O filme The Emoji Movie, que tem previsão de lançamento para julho de 2017 e será completamente estrelado por emojis em 3D, pode ser um símbolo da popularidade que as carinhas amarelas expressando emoções diversas ganharam no cotidiano das pessoas.

E, se os emojis conquistaram o mundo e hoje é difícil enviar uma mensagem sem utilizá-los, por que não aproveitar mais essa ferramenta para gerar empatia e conquistar clientes com o Marketing Digital?

Neste post, conheça mais um pouco sobre a história dos emojis, como utilizá-los em seu negócio e alguns exemplos da Resultados Digitais e de outras empresas.

Um pouco da história dos emojis

Apesar de existirem representações anteriores, os emojis com o nome e a aparência que conhecemos hoje foram criados no Japão, na década de 1990, e ganharam o mundo em 2010, quando a Apple adotou as figuras. Depois, a companhia de Steve Jobs foi seguida por Google e Microsoft.

emojis marketing digital

O emoji com lágrimas de alegria foi eleito palavra do ano em 2015 pelo dicionário Oxford de língua inglesa

Desde então, para além do filme, não é difícil encontrar exemplos que ilustrem o sucesso dos pictogramas: o emoji sorridente foi eleito como “palavra” do ano pelo dicionário Oxford, em 2015. Já o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) incorporou os emojis originais à sua coleção permanente. Eles também ganharam uma data comemorativa, 17 de julho — a data mostrada no emoji de calendário.

Neste vídeo do Nexo Jornal é possível conhecer um pouco mais dessa história:

Como usar emojis no Marketing Digital

Se os emojis são tão populares, é claro que empresas já perceberam a possibilidade de incorporá-los às suas estratégias de marketing. De fato, os emojis são uma boa maneira para chamar a atenção dos consumidores e transmitir sentimentos nas mensagens, tornando-as mais empáticas.

Os emojis possuem a capacidade de humanizar a marca, criando proximidade com o consumidor e expressando emoções. No entanto, esse tipo de enfeite não é aconselhado para lidar com reclamações, críticas e temas mais sérios.

No entanto, antes de espalhar emojis pelas mensagens, a empresa deve primeiro conhecer bem o seu público, pois ainda existem pessoas que não os utilizam. Faça testes para ver se o seu público-alvo é receptivo e se identifica com esse tipo de linguagem.

Além disso, tome cuidado sobre qual emoji utilizar, uma vez que cada um tem um significado diferente. Atente também para as atualizações, já que emojis novos são lançados com frequência.

Quando não usar?

Não é indicado utilizar muitos emojis para transmitir uma mensagem, pois isso pode criar uma sensação de codificação. Use os emojis apenas quando eles tiverem um papel, quando adicionarem algo à mensagem ou a complementarem — e não apenas por usar.

Como usar emojis na prática

Se deseja incluir emojis em seus materiais, os sites abaixo podem ser úteis:

  • O Emoji chart (Unicode) serve para descobrir se o emoji que você escolheu aparece em todos os sistemas operacionais;
  • Com o WebMoji você pode copiar rapidamente emojis para sua área de transferência;
  • Já o Emojipedia, uma Wikipédia dos emojis, permite conhecer o significado de cada emoji.

Além disso, não esqueça de usar os emojis quando adicionarem algo à mensagem que você quer passar e de fazer testes para comprovar os resultados.

Fonte: Resultados Digitais

KOMMU

COMPARTILHAR