Casa das Artes sedia a oficina “Entre Artes: o olhar e a palavra”

730x250

Abrir um espaço para dialogar sobre o percurso entre os diferentes meios e linguagens artísticas – como a literatura, o cinema, a música, a fotografia e a pintura, entre outras – é a proposta da oficina “Entre Artes: o olhar e a palavra”, que será ministrada pela escritora Galvanda Galvão na próxima segunda-feira, dia 6, das 15h às 18h, na Casa das Artes, unidade da Fundação Cultural do Pará (FCP). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas presencialmente na Casa das Artes, localizada ao lado da Basílica Santuário de Nazaré. A instrutora e professora Galvanda Galvão pretende desvendar outros olhares sobre arte, trazendo as imagens do cotidiano para dialogar com a poesia, fotografia, música, cinema, promovendo experimentações em processos e composições a partir destes olhares sobre as artes híbridas.   Segundo Galvanda, será uma semana de experimentações para um público diverso, aberta aos leitores de várias sonoridades. “As possibilidades serão abertas através do olhar. Trabalharemos som e silêncio nas apresentações de textos, poemas, filmes, tons, enfim, essas sonoridades incríveis. Vai ser muito bom nestes cinco dias poder conversar e construir junto com os alunos esses olhares impossíveis” comenta. Obras de artistas como Chantal Akerman, Clarice Lispector, Adília Lopes, Douglas Gordon, Rosângela Rennó, Gertrude Stein, John Cage e muitos outros, estarão presentes no diálogo. “Os participantes também poderão trazer, a partir dos diálogos entre as artes, recortes, cenas, poemas e outras oportunidades de transcriações”, pontua. “É interessante que os participantes tragam referências de artistas, de obras para dialogarmos juntos no momento da oficina, para que, assim, tenhamos uma interação e um debate mais eficazes”, enfatiza. Na sexta-feira, 10 de novembro, último dia da oficina, será exibido o videoarte “Cartas (e) videntes”, produzido pela própria instrutora em parceria com Izabela Leal, videoartista e convidada para o encerramento. Galvanda Galvão – É videoartista, fotógrafa, professora, consultora socioambiental independente, escritora do livro “A Meninaanolimoc”, com mestrado em Teoria Literária na Unesp-SJR (SP) e graduação em Ciências Sociais na PUC-SP.  Participou das exposições fotográficas: “Belém 16×16”, “Círio de Memórias”, “Rosários da Campina”, “Debulhar Açaí” e Festival Curta Canoa – Festival Latino Americano de Canoa Quebrada – CE – com “Transluciferação”. Serviço: Oficina “Entre Artes: o olhar e a palavra”. De 06 a 10 de novembro, das 15h às 18h, na Casa das Artes (Praça Justo Chermont, 236 – Nazaré). Informações: 3323-0371 / 0379. Inscrições gratuitas no local. (Colaboração: Joelson Amaral)
Agência Pará de Notícias

COMPARTILHAR