Bombeiros ensinam primeiros socorros a servidores da Fasepa

730x250

Trinta servidores que atuam nas unidades socioeducativas da Região Metropolitana de Belém (RMB), administradas pela Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), realizaram nesta sexta-feira (10) o último dia de treinamento do “Curso de Atendimento Pré-Hospitalar: Combate a Incêndios e Primeiros Socorros”, promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará, por meio do 21º Grupamento. O encerramento ocorreu no Instituto de Ensino de Segurança Pública do Estado (Iesp), no município de Marituba (RMB). Trata-se de uma parceria entre as duas instituições, que tem como objetivo fortalecer o trabalho em equipe e qualificar os participantes, oferecendo treinamentos específicos para eventuais situações de crise nos espaços socioeducativos. A meta do Corpo de Bombeiros com o treinamento também é contribuir para que os participantes sejam agentes multiplicadores desse conhecimento e, se necessário, estejam prontos para salvar vidas. “Esse curso dá condições para que os alunos possam prestar os primeiros socorros às vítimas em uma situação real de acidente, dando todo o suporte a essa pessoa”, informou um dos instrutores do curso, o 2º tenente Luiz Carlos da Cunha. Ainda, segundo ele, os participantes tiveram um bom aproveitamento e se superaram em diversos momentos. “Não basta apenas que eles estejam participando do curso. É preciso que haja comprometimento para alcançar a pontuação necessária, e assim receber o certificado. É gratificante quando nós observamos quando os alunos encaram o treinamento com seriedade, dando o melhor de si em prol do outro”, acrescentou. Durante uma semana, os participantes receberam treinamento teórico e prático em primeiros socorros a vítimas de trauma ou enfermas, controle de incêndio, a importância da prevenção de acidentes, entre outros assuntos. No período de 27 de novembro a 1º de dezembro será a vez de a segunda turma de servidores da capacitação. Socioeducação – A iniciativa faz parte de um conjunto de ações pedagógicas vinculadas ao Projeto Ressignificando Caminhos na Socioeducação, desenvolvido pela Fasepa na perspectiva de proporcionar um atendimento qualificado às demandas dos socioeducandos, bem como viabilizar a formação profissional dos seus servidores. “São inúmeras as situações em que nós podemos aplicar esse conhecimento. Não só no nosso ambiente de trabalho, mas como na nossa casa, e repassar esse conhecimento a outras pessoas, inclusive aos adolescentes que nós atendemos. É fundamental ter o conhecimento técnico para agir com rapidez e eficiência em uma situação em que a vítima precisa de socorro”, reiterou Raimundo Monteiro Junior, servidor da Unidade de Atendimento Socioeducativo de Ananindeua (Uase), também na Região Metropolitana de Belém.
Agência Pará de Notícias

COMPARTILHAR