Alunos de escola pública criam “A Casa da Matemática”

730x250

O projeto “A Casa da Matemática” foi apresentado pela Escola Estadual Jorge Lopes Raposo, nesta terça-feira, 31, em Icoaraci, distrito de Belém. A iniciativa é baseada na construção de uma casa em pequenas proporções métricas criada por alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação Especial para desmistificar as dificuldades na disciplina de Matemática. A Casa da Matemática tem três metros de comprimento e um metro e meio de largura, foi desenvolvida para despertar no estudante o conhecimento sobre áreas geométricas, comprimentos e sólidos geométricos, entre outros tópicos da disciplina e suas linguagens, de forma prática e acessível. O projeto contou com a participação de professores de Matemática, Artes e Educação Especial, com colaboração efetiva dos professores Silvio Rodrigues, Solange Reis e Humberto Pessoa, e ainda contou com a presença da gestora da 12ª Unidade Seduc na Escola (USE), Aline Cruz. O professor Silvio Rodrigues, coordenador do projeto, destacou a importância de trabalhar a disciplina de forma mais dinâmica e lúdica. “Queria criar uma maneira de tirar o ensino da Matemática da sala de aula e isso foi muito aceito pelos alunos, eles sempre gostam de coisas novas, então foi um desafio para eles, pois apenas dei as medidas da casa para desenvolverem cada espaço utilizando cálculos matemáticos, unindo teoria e prática”, destacou o professor. A estudante Elaine Miranda, 17 anos, participou das atividades e disse que executar esses trabalhos faz toda a diferença na hora de aprender cálculos matemáticos. “Com essa prática nos apoderamos melhor do conhecimento, aprendemos melhor as fórmulas e deixamos de lado a lenda de que a disciplina é difícil”. Os estudantes do projeto Rádio Escola, da Escola Estadual Jorge Lopes Raposo, contribuíram para a divulgação do projeto. A Rádio Raposo foi criada em 2010, mas a inauguração do seu mini-estúdio foi no ano de 2014, atendendo alunos do 7º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Atualmente conta com a participação de 30 estudantes.
Agência Pará de Notícias

COMPARTILHAR